Alimentação infantil: por que evitar o açúcar na primeira infância?

21 de novembro de 2022

A primeira infância é um universo de descobertas. Dentro das possibilidades, a alimentação se mostra como um mundo repleto de novos sabores e texturas a serem experimentados todos os dias em meio à rotina alimentar infantil. É nesta fase da vida que são moldados os gostos e, com base nisso, é essencial que as crianças...

A primeira infância é um universo de descobertas. Dentro das possibilidades, a alimentação se mostra como um mundo repleto de novos sabores e texturas a serem experimentados todos os dias em meio à rotina alimentar infantil. É nesta fase da vida que são moldados os gostos e, com base nisso, é essencial que as crianças sejam estimuladas diariamente para que elas tenham a oportunidade de explorar a alimentação em suas variadas formas de preparo. Uma das maneiras de consumir as vitaminas, os minerais e nutrientes dos alimentos é por meio dos itens orgânicos, que não passam por processos industriais e tratamentos com agrotóxicos.

No país, o consumo dos alimentos orgânicos cresceu, principalmente no período pós-pandemia, com foco na saúde. O Panorama do Consumo de Orgânicos no Brasil, realizado em 2021 pela Associação de Promoção dos Orgânicos (Organis), aponta que a presença desses alimentos na rotina diária de consumo aumentou em 63%. Contudo, uma pesquisa realizada pela Albar Research em parceria com a FocusVision com 900 pais e mães de crianças no Brasil, Colômbia e México afirma que apenas 17% das crianças se alimentam de frutas diariamente.

Na Upuerê Educação Infantil, referência no ensino infantil no Espírito Santo desde 1993, as crianças são estimuladas diariamente a criar hábitos de alimentação saudável, tendo em vista que ações cultivadas desde a infância podem refletir ao longo de toda a vida adolescente e adulta de cada criança.

Dayanna Miranda Camizão declara que a alimentação natural é benéfica em todos os sentidos, além de auxiliar no fortalecimento do sistema imunológico, e inseri-la já na primeira infância aumenta a garantia da saúde nas fases seguintes da vida. “A alimentação orgânica oportuniza uma culinária mais rica em nutrientes, como também oferece às crianças um contato mais próximo com a natureza e os alimentos em si, e isso pode ser incentivado em todos os espaços, tanto na escola quanto em casa. Aqui, na Upuerê, por exemplo, incentivamos nossas crianças a criar vínculos mais fortes com os alimentos por meio de atividades como o cultivo de itens na horta, a conscientização do processo de crescimento das hortaliças e a participação no preparo de receitas deliciosas que elas adoram participar, como um bolo de cenoura”, explica a nutricionista da Upuerê Educação Infantil.

Construção da autonomia infantil na horta da Upuerê Alimentação infantil com a horta na Upuerê

O que hábitos alimentares ruins podem provocar na saúde infantil e como evitá-los?

A atenção com a alimentação das crianças é um dos cuidados que os pais devem ter desde o início da introdução alimentar – que, de acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, deve começar a partir dos seis meses de idade; antes disso, a alimentação do bebê deve ser, exclusivamente, o leite materno.

Alimentação saudável na UpuerêO estudo da Albar Research em parceria com a FocusVision em países da América Latina reforça, porém, que 6% das crianças entre 1 ano e meio e 2 anos consomem refrigerante todos os dias, enquanto 57% das crianças de 18 a 24 meses comem alimentos açucarados no lanche da tarde.

Além de adquirirem hábitos alimentares ruins que podem evoluir e permanecer por toda a vida, as crianças podem desenvolver, ainda, síndromes como a obesidade, que já atinge mais de 3 milhões de crianças de até 5 anos, segundo dados divulgados em 2021 pelo Ministério da Saúde.

“É comum que as crianças apresentem certa resistência a experimentar novos alimentos. Além da obesidade, a má alimentação pode promover má nutrição, anemia e as crianças podem se sentir mais cansadas, ter menos disposição para brincar com os colegas e esses malefícios podem se estender pela adolescência também. Por isso, aqui, na Upuerê, apresentamos às crianças a importância de se alimentar bem de forma lúdica, convidando-as a cozinhar conosco, colher hortaliças diretamente na horta e a criar contato com os alimentos orgânicos, que os aproxima e os instiga a conhecer mais sobre a alimentação saudável”, comenta Dayanna.

Açúcar: pode ser inserido na alimentação infantil?

A nutricionista reforça que o açúcar é um dos grandes vilões presentes na alimentação saudável das crianças e, portanto, deve ser evitado ao máximo na primeira infância. Ela afirma que todo o açúcar que as crianças precisam em seu organismo – e que são benéficos para o desenvolvimento infantil – pode ser adquirido em frutas, verduras, legumes e demais itens saudáveis.

“É a partir dos 3 anos de idade que as crianças começam a apresentar um pouco de resistência em relação a verduras e legumes, por exemplo, que têm gosto mais amargo, e uma tendência a desejar mais os alimentos doces. Contudo, os açúcares em excesso inseridos na rotina alimentar infantil prejudicam a qualidade nutricional das refeições, atrapalhar a digestão e o crescimento saudável das crianças, além de aumentar o risco para desenvolver cárie, que também é comum na infância. Em contrapartida, o açúcar não pode ficar totalmente de fora da vida infantil e, para consumi-lo corretamente, a recomendação é inserir frutas na rotina alimentar das crianças, pois elas possuem a frutose, que é o açúcar que garante o sabor mais adocicado quando inseridas em receitas como as papinhas e os bolos, por exemplo”, detalha a especialista.

Alimentação infantil com frutas Nutrição infantil com vegetais Alimentação infantil com frutas

Como e por que promover hábitos alimentares saudáveis na infância?

Nutrição infantil saudávelDayanna menciona que a alimentação saudável, estimulada desde a primeira infância, incentiva a construção infantil, auxilia na diminuição do desenvolvimento de doenças e no fortalecimento do sistema imunológico, especialmente quando há consumo majoritário de alimentos naturais, além de favorecer o equilíbrio da saúde física e mental, e ajudar na conexão cerebral infantil. Para isso, a especialista destaca que os pais são o maior e principal modelo das crianças, especialmente durante a rotina alimentar.

“O que é servido no prato das crianças deve ser espelhado no prato dos pais, pois é a partir das ações deles que os mais novos repetem comportamentos. Quando os pais adotam e praticam uma rotina de hábitos alimentares saudáveis, as crianças tendem a repetir pois, para eles, serão como o papai e a mamãe. Essa é uma janela que os pais podem aproveitar para estimular a descoberta de novos alimentos, novas maneiras de preparar uma refeição, além de convidar as crianças a se aproximarem mais da comida, a desenvolver melhor o paladar infantil e, claro, descobrirem os próprios gostos. Aqui, na Upuerê, a educação alimentar é essencial para a nossa rotina. Por meio de atividades lúdicas, as crianças compreendem as razões de criar hábitos saudáveis desde crianças, a importância de consumir itens naturais, uma alimentação equilibrada e alinhar tais ações benéficas a outras práticas que favorecem a saúde infantil”, detalha a nutricionista.

A alimentação sem açúcar na Upuerê

Cuidar da saúde e da alimentação das nossas crianças é uma missão que nós, da Upuerê, adotamos com muito orgulho. Aqui, valorizamos a rotina familiar, as necessidades de cada criança e o crescimento saudável delas com práticas diárias que colaboram com a formação de indivíduos que saibam criar e se relacionar, e não apenas repetir.

Para contribuir com o desenvolvimento das potencialidades físicas e psíquicas das crianças, priorizamos uma alimentação rica em alimentos orgânicos e saudáveis, que podem ser plantados e colhidos em nossa própria horta. Além disso, priorizamos o contato com a natureza em nosso plano pedagógico como fator fundamental para o aprendizado, para compartilhar crescimento e para formar vínculos sociais, afetivos e éticos a partir da convivência entre as crianças.

Nossa estrutura conta, ainda, com uma área ampla e aberta de 3.000 m², além de sala de sono (com educadores que ficam à disposição das crianças), segurança, pátio arborizado com árvores frutíferas, educadores qualificados e especializados em cuidado infantil, piscina aquecida, quadra coberta, salas de aula amplas e climatizadas, salas digitais (a partir do Grupo 3 ao Grupo 5), ateliê para artes, banheiros adaptados às necessidades das crianças, cozinhas, refeitórios, solários, biblioteca e amplo auditório.

https://www.upuere.com.br/wp-content/uploads/2021/07/logo-upuere-horizontal-rodape.png
Upuerê Educação Infantil

Somos referência em Educação Infantil no ES, desde 1993. Prezamos pelo desenvolvimento das crianças como cidadãs do mundo.

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e se mantenha atualizado sobre tudo o que acontece na Upuerê.

    Tecnologia Tipz

    Agradecemos a sua visita

    Comunicamos que encerramos as nossas atividades no dia 22/12/2023. 

    À todas as famílias, colaboradores e parceiros, muito obrigado. Fique à vontade para navegar em nosso site e aproveitar todo o conteúdo, feito com muito carinho para todos que têm a alegria de ter crianças em suas vidas.