Destaque HomeEsportesCapoeira: conheça a importância da prática para o desenvolvimento das crianças

18 de fevereiro de 2022

Mais que uma atividade física, a capoeira une dança, luta, música e cultura africana, além de promover benefícios para o desenvolvimento motor e cognitivo das crianças.

Criada no Brasil no século XVII pelo povo escravizado, a luta foi proibida oficialmente até 1937, porém não deixou de ser praticada. Anos após a liberação, mais que uma expressão cultural, a capoeira se tornou ferramenta de educação. A palavra “capoeira” vem da língua tupi-guarani e significa “mato que já foi” (caá= mato; puêra= que já foi). Em 2014, a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) nomeou a roda de capoeira como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Nos dias de hoje, é ensinada nas escolas e traz benefícios para o corpo e mente. Um estudo publicado pela Revista Acta Fisiátrica, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, mostrou que pessoas com síndrome de Down que praticam capoeira conseguiram demonstrar melhora no equilíbrio postural, coordenação motora e cognição, o que resultou em maior independência nas atividades cotidianas. Os mesmos benefícios acontecem com as crianças, por isso, uma escola de Vitória inclui a prática na rotina.

Para a diretora pedagógica Aparecida Epichin, por conta da importância e pluralidade proporcionada pela capoeira, a expressão cultural entrou para a grade de cursos da escola. “A capoeira carrega consigo uma grande bagagem cultural, que envolve dança, luta, música, arte e história, pois está diretamente ligada a parte da história do país. Além de ter início com o povo africano, parte de nossas raízes. Em adição, ainda temos os diversos benefícios para corpo e mente gerados pela atividade física e os valores que ela pode ensinar, como respeito, colaboração, confiança, empatia e trabalho em equipe”, afirma a profissional da Upuerê Educação Infantil.

Pais aprovam o ensino da capoeira

Para Giovanna Dadalto, os benefícios foram claramente notados nas filhas, que se sentem muito felizes com as aulas. “Nas minhas filhas noto a alegria ao perceberem que são capazes de realizar os movimentos corporais e adquirem cada vez mais autodomínio. Os benefícios que vejo estão no corpo e mente, o ensino da capoeira também proporciona um aprendizado cultural e valorização da cultura do nosso país”, afirma a  mãe da  Antônia e da Chiara.

A prática da capoeira

Uma combinação de dança, luta e jogo, a capoeira tem como uma de suas principais características o controle do corpo, já que trabalha a ritmo, agilidade, flexibilidade, e coordenação. O exercício contribui para o desenvolvimento psicomotor das crianças por envolver aspectos cognitivos, afetivos e emocionais de quem a pratica.

Segundo Ludmila Rodrigues, professora de capoeira, por meio das aulas, as crianças desenvolvem habilidades como resistência aeróbica e muscular, coordenação e ritmo, além de terem a cooperação e o trabalho coletivo estimulados. “As aulas possuem o acompanhamento de instrumentos como pandeiro, berimbau e atabaque, que despertam o interesse para o movimento da capoeira, musicalidade e também as cantigas populares, o que amplia o vocabulário e conhecimento popular e cultural. A capoeira também potencializa, especialmente, os aspectos motores e sensoriais”, afirma a profissional da da Upuerê Educação Infantil.

https://www.upuere.com.br/wp-content/uploads/2021/07/logo-upuere-horizontal-rodape.png
Upuerê Educação Infantil

Somos referência em Educação Infantil no ES, desde 1993. Prezamos pelo desenvolvimento das crianças como cidadãs do mundo.

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e se mantenha atualizado sobre tudo o que acontece na Upuerê.

    Tecnologia Tipz

    ×