Como construir habilidades emocionais desde a infância?

5 de maio de 2023

A criança pode ser incentivada, de forma muito natural e fluida, a lidar bem com as suas emoções, e a participação dos pais é fundamental nesse processo. Saiba abaixo como ajudar seu filho a construir habilidades emocionais desde a infância.  Tempo de leitura: 5 minutos      INTRODUÇÃO “Há um menino, há um moleque...

A criança pode ser incentivada, de forma muito natural e fluida, a lidar bem com as suas emoções, e a participação dos pais é fundamental nesse processo. Saiba abaixo como ajudar seu filho a construir habilidades emocionais desde a infância. 

Tempo de leitura: 5 minutos

 

 

INTRODUÇÃO

“Há um menino, há um moleque morando sempre no meu coração, toda vez que o adulto fraqueja ele vem pra me dar a mão. Há um menino, há um moleque morando sempre no meu coração. Toda vez que o adulto balança ele vem pra me dar a mão. Há um passado, no meu presente…”

(Música: Bola de meia, bola de gude, de Milton Nascimento e Fernando Brant) 

A linda canção eternizada pela voz de Milton Nascimento revela uma verdade sobre as nossas vidas: nós adultos também somos feitos de quem nós éramos quando crianças.

Existe no adulto as vivências e os aprendizados conquistados desde a infância. Por isso, é tão importante entender a criança como um ser em construção, autora do seu desenvolvimento. 

Entender isso é perceber que na infância nós já começamos a construir aprendizados, valores, entendimentos e habilidades que vamos levar ao longo das nossas vidas. As habilidades emocionais são um importante exemplo disso. 

A criança pode ser incentivada, de forma muito natural e fluida, a desenvolver as suas emoções, como a ser empática, auto confiante e respeitosa, por exemplo, e a participação dos pais é fundamental nesse processo. Saiba abaixo como ajudar seu filho a desenvolver bem essas emoções desde a infância. 

O que são habilidades emocionais e porque são tão importantes?

As habilidades emocionais estão relacionadas com a nossa inteligência emocional, ou seja, com a forma como nós agimos e reagimos usando as nossas emoções diante das circunstâncias do dia a dia. 

Por meio das habilidades emocionais nós lidamos bem com as nossas emoções, tanto para nós mesmos, como para com as outras pessoas. Isso cria um contexto em que nós nos tornamos pessoas amadurecidas emocionalmente não só para as nossas próprias decisões, tarefas e vida em geral, mas também para conviver bem em coletividade, fazendo bem às outras pessoas. 

O que os pais podem  fazer para ajudar a criança a desenvolver as emoções que elas usarão ao longo da vida.

Os primeiros sete anos são fundamentais e marcantes para o resto da vida. Por isso, a construção de habilidades emocionais deve ser incentivada desde a infância, como esclarece a psicóloga Talita Espíndula no vídeo que está no início desta postagem

A criança deve ser respeitada na sua condição de autora de um livro lindo: suas próprias descobertas, construções e aprendizados, mas o adulto precisa ser alguém que a auxilia nessa caminhada, mostrando o que é certo e o que é errado e ajudando ela a entender os contextos de vivência e a si própria.

A criança não nasce com o cérebro amadurecido para lidar com as suas emoções, ela vai aprendendo a trabalhá-las ao longo do seu desenvolvimento.

Uma das ferramentas mais valiosas para auxiliar as crianças nesse processo, conforme explica a psicóloga Talita Espíndula, é o exemplo dos pais. A criança enxerga nos pais um exemplo de como elas devem ser e agir diante das situações da vida. 

Então, por exemplo, quando os pais são empáticos com outras pessoas no dia a dia, a criança desde cedo percebe que ser empático é importante e faz bem. 

Da mesma forma, quando a criança vê seus pais respeitando outras pessoas, da família e de fora da família, ela percebe que aquele comportamento de amor, gentileza e tolerância é o ideal, e que elas também precisam respeitar e serem respeitadas.  

Além de ensinarem muito por meio do exemplo,  os pais podem também conversar com a criança sobre como ela deve se posicionar diante das circunstâncias do dia a dia e sobre como ela deve tratar e ser tratada pelos seus pares. 

Uma orientação da psicóloga da Talita Espíndula é colocar palavras para algo que está acontecendo, acolhendo essa criança e ajudando ela entender aquilo que ela está sentindo.

Nós, seres humanos, estamos em constante aprendizado. Todos os dias nós temos a oportunidade de evoluir e de sermos melhores para nós e para os outros. 

Ajudar a criança a construir habilidades emocionais que vão contribuir, inclusive, para que ela se sinta segura, confiante, amada e respeitada, é auxiliá-la não só a lidar com as sua emoções em relação a si mesma, mas permitir também que elas expressem para a coletividade de forma muito positiva tudo aquilo que ela aprendeu. 

https://www.upuere.com.br/wp-content/uploads/2021/07/logo-upuere-horizontal-rodape.png
Upuerê Educação Infantil

Somos referência em Educação Infantil no ES, desde 1993. Prezamos pelo desenvolvimento das crianças como cidadãs do mundo.

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e se mantenha atualizado sobre tudo o que acontece na Upuerê.

    Tecnologia Tipz

    Agradecemos a sua visita

    Comunicamos que encerramos as nossas atividades no dia 22/12/2023. 

    À todas as famílias, colaboradores e parceiros, muito obrigado. Fique à vontade para navegar em nosso site e aproveitar todo o conteúdo, feito com muito carinho para todos que têm a alegria de ter crianças em suas vidas.