Como deve ser a alimentação das crianças?

27 de julho de 2023

Hábitos alimentares saudáveis devem começar na infância. Para isso, um prato colorido e diversificado em nutrientes é fundamental. Saiba abaixo o que precisa estar no cardápio das crianças e como incentivá-las a manter uma boa alimentação. Tempo de leitura: 5 minutos Confira também o conteúdo dessa postagem no vídeo abaixo. INTRODUÇÃO Mesa é lugar de...

Hábitos alimentares saudáveis devem começar na infância. Para isso, um prato colorido e diversificado em nutrientes é fundamental. Saiba abaixo o que precisa estar no cardápio das crianças e como incentivá-las a manter uma boa alimentação.

Tempo de leitura: 5 minutos

Confira também o conteúdo dessa postagem no vídeo abaixo.

INTRODUÇÃO

Mesa é lugar de encontros. Essa é uma linda verdade que, quando praticada, traz muitos benefícios à saúde física e emocional das crianças.
Durante uma refeição à mesa, as crianças contam sobre o seu mundo, enquanto os pais demonstram, com amor e acolhimento, que aquele mundo importa. À mesa, os pais são exemplos aos seus filhos, inclusive de como a criança deve alimentar-se.

Mas, pensando na boa alimentação das crianças, como deve ser sua rotina alimentar? O que oferecer para uma criança comer? O que precisa estar na refeição de almoço, por exemplo? Quais alimentos devem ser evitados? Essas são perguntas frequentes e importantes. Saiba abaixo como deve ser a alimentação na infância.
A introdução alimentar é realizada até os 5 anos de idade da criança.
Durante a introdução alimentar a criança conhece e experimenta as texturas, cores e sabores dos alimentos. É uma fase na qual ela deixa o leite materno para descobrir formas diferentes de se alimentar.
Conforme esclarece a nutricionista Dayanna Camisão no vídeo que está no início desta postagem, a introdução alimentar da criança começa aos seis meses de vida e dura até os 5 anos de idade.

É nessa janela de tempo em que a criança deve ser apresentada aos grupos de nutrientes que fazem parte de uma alimentação saudável, experimentando-os em cores, texturas, sabores e cheiros diferentes.
É durante a introdução alimentar que a criança descobre que comer bem pode ser muito prazeroso, muito gostoso, levando essa vivência para o resto da vida.

O que oferecer para as crianças?

 

Uma alimentação saudável e balanceada deve ser composta por alimentos dos grupos de nutrientes: carboidratos, proteínas, vitaminas, minerais e fibras.
Cada um desses grupos de nutrientes tem valor significativo para a saúde das crianças, e deve fazer parte do seu dia a dia, conforme explica a nutricionista Dayanna Camisão.
Os bons alimentos, então, vão ser ricos nos nutrientes citados acima. Por exemplo, o feijão: é rico carboidrato e proteínas, além de ser fonte também de fibras e minerais. Já a laranja, por sua vez, é rica em vitamina C, e também uma excelente fonte de fibras.

Desta forma, para as crianças devem ser oferecidos alimentos ricos em nutrientes. Frutas, leguminosas (feijão, ervilha, lentilha, entre outros) hortaliças (brócolis, espinafre, cenoura e afins), ovos e carnes, leite e derivados e os cereais (arroz, aveia e outros) são exemplos de alimentos que devem fazer parte do cardápio.
Além disso, prestigiar as formas orgânicas e naturais dos alimentos é benéfico à saúde, não só das crianças.
Qual deve ser a rotina alimentar das crianças?

A nutricionista Dayana Camisão esclarece que é importante que a criança faça as seguintes refeições: café da manhã; lanche da manhã; almoço; lanche da tarde; jantar e uma ceia.

Quando essa rotina é observada, a criança se alimenta durante o dia dos mais variados nutrientes, e em tempo que permite que ela tenha apetite para o próximo horário de alimentação.

Quais alimentos devem ser evitados?

 

Se o lema é oferecer para as crianças alimentos ricos em nutrientes, são aqueles pobres em nutrientes que devem ser evitados. E quais são esses alimentos? Industrializados e ultraprocessados, como refrigerantes, sucos artificiais, biscoitos e salgadinhos de pacote, balas, sopas e macarrões instantâneos, batatas congeladas e açucarados, entre outros.

Experimentar e diversificar

Durante a primeira infância a criança pode aprender bons hábitos alimentares que farão parte das demais etapas de sua vida. Porém, isso só acontecerá se ela for apresentada e incentivada a uma boa alimentação.
Como uma fase tão importante, o ideal é que os pais apresentem os mais variados alimentos ricos em nutrientes, nas suas diferentes formas de preparo e textura.

Muitas vezes, por exemplo, a criança pode, inicialmente, recusar um feijão em grãos, mas gostar do feijão batido. E, à medida que crescer, entender que aprecia não uma forma exclusiva de preparo, mas sim o sabor daquele alimento.
É experimentando e conhecendo novos alimentos que as crianças vão descobrindo seu sabor.

A Escola é uma importante aliada dos pais no processo de incentivar bons hábitos alimentares. Por isso, na Escola Upuerê as crianças são despertadas à necessidade de hábitos saudáveis de vida desde o seu primeiro ano de idade, conhecendo a importância dos alimentos não só quando estão no prato, mas desde seu plantio e cultivo.

Saiba mais sobre a alimentação natural e orgânica na Upuerê clicando aqui.

Acesse também o nosso instagram, clicando aqui.

https://www.upuere.com.br/wp-content/uploads/2021/07/logo-upuere-horizontal-rodape.png
Upuerê Educação Infantil

Somos referência em Educação Infantil no ES, desde 1993. Prezamos pelo desenvolvimento das crianças como cidadãs do mundo.

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e se mantenha atualizado sobre tudo o que acontece na Upuerê.

    Tecnologia Tipz

    Agradecemos a sua visita

    Comunicamos que encerramos as nossas atividades no dia 22/12/2023. 

    À todas as famílias, colaboradores e parceiros, muito obrigado. Fique à vontade para navegar em nosso site e aproveitar todo o conteúdo, feito com muito carinho para todos que têm a alegria de ter crianças em suas vidas.