Consumir frutas e vegetais melhora bem-estar mental e emocional das crianças

24 de novembro de 2022

Uma alimentação saudável é capaz de promover melhorias não apenas à saúde física, mas, em especial, à mental – especialmente das crianças. Realizado pela Universidade de East Anglia com crianças da educação infantil, do ensino fundamental e do ensino médio no Reino Unido, um estudo publicado na revista científica BMJ Nutrition, Prevention & Health aponta...

Uma alimentação saudável é capaz de promover melhorias não apenas à saúde física, mas, em especial, à mental – especialmente das crianças. Realizado pela Universidade de East Anglia com crianças da educação infantil, do ensino fundamental e do ensino médio no Reino Unido, um estudo publicado na revista científica BMJ Nutrition, Prevention & Health aponta que o consumo de frutas e vegetais em uma dieta alimentar regular desde a infância auxilia na construção de um bem-estar mental mais equilibrado e saudável.

Alimentação saudável com frutas e vegetais na Upuerê

A pesquisa acompanhou os hábitos alimentares e a vivência de cerca de 1.250 crianças da educação infantil, e registrou que 28% delas consumiam cinco porções de frutas e vegetais por dia, o que contribui para o desenvolvimento social e físico de cada uma.

Dayanna Miranda Camizão comenta que a alimentação nutritiva é parte complementar de todos os aspectos saudáveis da vida humana e é essencial na infância para que a criança compreenda a importância de formar este hábito desde nova, pois pode evitar o surgimento de síndromes, como a ansiedade.

“As frutas e vegetais são ricos em minerais, vitaminas e nutrientes que, além de serem benéficos para a nossa saúde física, são essenciais, também, para o nosso bem-estar mental, especialmente na infância. Crianças que se alimentam de forma saudável, com equilíbrio entre o consumo de frutas e vegetais em vez do consumo de alimentos ultraprocessados, apresentam bem-estar mental e emocional melhores e mais fortalecidos, o que pode afastar algumas síndromes, como a ansiedade e a fobia social”, explica a nutricionista, que atua na Upuerê Educação Infantil.

Como estimular uma alimentação saudável na infância?

O estudo realizado com as crianças do Reino Unido aponta que uma alimentação equilibrada com frutas e vegetais pode proporcionar maior interesse, por parte das crianças, na realização de atividades na escola e em casa, além de estimularem a energia e a disposição infantil para brincadeiras e outras ações. Para isso, Dayanna comenta que os pais podem incentivar o interesse das crianças por alimentos mais saudáveis de formas diversas.

“Preparar pratos coloridos, compostos por alimentos de todos os grupos alimentares (como os tubérculos, vegetais, legumes, carnes e verduras), é uma maneira de incentivar o consumo de itens mais saudáveis. Os pais podem, ainda, falar sobre frutas e vegetais em tons positivos, ressaltando a importância deles para a saúde das crianças, evitar oferecer açúcar para menores de 2 anos, sempre estimular o consumo de novos alimentos na nutrição e proporcionar ambientes agradáveis, seguros e acolhedores, que deixem a criança confortável para experimentar e dar opiniões sobre os itens alimentares”, finaliza a nutricionista.

https://www.upuere.com.br/wp-content/uploads/2021/07/logo-upuere-horizontal-rodape.png
Upuerê Educação Infantil

Somos referência em Educação Infantil no ES, desde 1993. Prezamos pelo desenvolvimento das crianças como cidadãs do mundo.

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e se mantenha atualizado sobre tudo o que acontece na Upuerê.

    Tecnologia Tipz

    Agradecemos a sua visita

    Comunicamos que encerramos as nossas atividades no dia 22/12/2023. 

    À todas as famílias, colaboradores e parceiros, muito obrigado. Fique à vontade para navegar em nosso site e aproveitar todo o conteúdo, feito com muito carinho para todos que têm a alegria de ter crianças em suas vidas.